Copy
Español   |   Português
INTRODUCING OUR CEO

First of all, thank you, thank you, thank you. Thank you to all of you who have signed up in support of what we are trying to do. Thank you to all of you who have sat down with us to give us ideas and feedback on everything from team name to stadium location. I’m humbled by your warm and immediate support. Truly. My name is Brian Andrés and I wanted to introduce myself.

I don’t know what to say really, so I’ll start with my very first memory of soccer. I’ve called the Bay Area home for over 12 years, but I was born in Bogotá, Colombia. My grandfather Rodrigo and I had a special bond from the day I was born. (Later in life we would spend lots of time drinking beer, playing pool, and chatting, like two life-long buddies.) My grandfather was a traditional man and quite proper in all manners - how he dressed, how he spoke, etc. I was about 6 years old and he came over to me with an expression on his face I had never seen before. He crouched down to my height and said to me, “Don’t tell your grandmother, but I have a surprise for you. Go get your jacket and let’s go.”  

I did as I was told and held my grandfather’s hand tightly during two crowded and bumpy bus rides. We arrived at a place that felt to me had congregated the population of the entire city. I just didn’t know for what or why. Since at that time my eye-level just saw a lot of people’s butts, it wasn’t until we were about to walk in that I saw my first soccer stadium: El Campín. The home of my grandfather’s (and now obviously my) team: Millonarios. I only got a quick glimpse of the exterior because I was being dragged by my grandfather’s hand while simultaneously getting bumped side-to-side by the masses rushing in. I don’t remember who the opponent was or who won for that matter. In fact, I don’t remember really seeing the field. Not sure if it’s because of how short I was or because my eyes were mesmerized looking up at my typically conventional grandfather. He was yelling! He was laughing! He was hugging! Hugging me! Hugging strangers! I did not understand what exactly was going on, but I didn’t care. All I knew was that I was hooked. Hooked for life.

I’ve heard your first soccer stories from a lot of you. We all have one. We treasure those stories and many other moments and lessons that the game has given us. Well, I’m doing this venture because I want more stories for you and I want more people to have their first soccer moments.  This region I’ve called home for over 12 years deserves it and the wonderfully diverse group of people who live here deserve it. You deserve it.

We have a lot of efforts in motion for not only our venture, but, more importantly, to grow soccer at all levels. Since you’ve demonstrated your support by signing up, you’ll get information before anybody else starting next month. For example, we’ll share our name and logo with you before we announce it publicly. 

Again, thank you for your support. Thank you for the friendships that have begun and those that are yet to start. You are an integral part of this passion project. God bless you. 


Abrazos,
Brian Andrés

P.S. - Since you signed up, you’ll get more in-depth information first, directly from us. If you want to see some of the smaller nuggets that the public will get, please feel free to follow me on Twitter.

@brianhelmick
Share
Tweet
Forward
www.bayareaprosoccer.com

For G-mail users: Did this email show up in your promotions inbox? If you'd like emails from us to end up directly in your primary inbox, you can simply drag and drop the actual email over to the primary inbox. The following prompts should allow you to make this permanent.

Here's a video to help you out.

Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list
PRESENTANDO NUESTRO CEO

Antes que nada, gracias, gracias, un millón de gracias. Gracias a todos ustedes, que se han registrado apoyándonos en lo que estamos tratando de hacer. Gracias a todos ustedes que se han sentado con nosotros para darnos ideas y comentarios sobre todo, desde el nombre del equipo hasta la ubicación del estadio. Me siento honrado por su cálido e inmediato apoyo. De todo corazón. Mi nombre es Brian Andrés y quería presentarme.

Realmente no sé qué decir, así que empezaré con mi primer recuerdo del fútbol. El San Francisco Bay Area ha sido mi hogar por más de 12 años, pero nací en Bogotá, Colombia. Mi abuelito Rodrigo y yo tuvimos una conección especial desde el día que nací. (Luego yo ya de grande pasaba un montón de tiempo con él bebiendo cerveza, jugando billar y charlando, como dos amigos de la infancia). Mi abuelito era un hombre tradicional y bastante correcto en todo: cómo se vestía, cómo hablaba, etc. Un día, yo con unos 6 añitos, él vino hacia mí con una expresión en su cara que nunca había visto antes. Se agachó hasta mi altura y me dijo: "No le diga a su abuela, pero le tengo una sorpresa. Vaya busque su chaqueta que nos vamos".

Hice lo que me dijo y no solté la mano de mi abuelito durante dos viajes muy movidos en buses repletos de personas. Llegamos a un lugar que me pareció que había congregado la población de toda la ciudad. No sabía para qué o por qué. Ya que en ese momento mi altura solo me dejaba ver un montón de traseros de la gente, no fue hasta que estuvimos a punto de entrar que vi mi primer estadio de fútbol: El Campín. La casa del equipo de mi abuelito (y ahora, obviamente, del mío): Millonarios. Solo eché una mirada rápida al exterior porque mi abuelito me arrastraba mientras la manada de gente entrando de carreras me golpeaba de un lado a otro. No recuerdo contra quién jugó Millonarios ni quién ganó. En realidad, no recuerdo ni ver el campo. No estoy seguro si es por lo pequeño que era o porque mis ojos estaban hipnotizados mirando hacia arriba a mi abuelito que normalmente era tan tradicional. ¡Estaba gritando a todo pulmón! ¡Se estaba riendo a carcajadas! ¡Estaba abrazando! ¡Abrazándome a mí! ¡Abrazando a gente que ni conocía! Yo no entendía qué estaba pasando exactamente, pero no me importaba. Lo único que yo sabía es que quería más.  Estaba físicamente y emocionalmente apasionado por la energía y por los sentimientos que vi en mi abuelito y en los que nos rodeaban. ¡Yá!  Me volví amante del fútbol para toda la vida.

He escuchado lo primeros recuerdos del fútbol de muchos de ustedes. Todos tenemos uno. Valoramos esas historias y muchos otros momentos y lecciones que nos ha dado el juego. Pues entonces, estoy comenzando esta empresa porque quiero más momentos para ustedes y quiero que más gente tenga sus primeros recuerdos del fútbol. Esta región que he llamado hogar por más de 12 años se lo merece y la gente maravillosamente diversa que vive aquí se lo merece. Tú te lo mereces.

Tenemos una gran cantidad de esfuerzos en marcha, no solo para nuestro proyecto, sino, aún más importante, para hacer crecer el fútbol en todos los niveles. Ya que has demostrado tu apoyo registrándote, recibirás información antes que nadie a partir del próximo mes. Por ejemplo, compartiremos nuestro nombre y nuestro logo contigo antes de que los anunciemos públicamente.

Una vez más, gracias por tu apoyo. Gracias por las amistades que han comenzado y las que aún están por comenzar. Eres parte integral de este proyecto apasionante.  Que Dios te bendiga.

Abrazos,
Brian Andrés

PD: Ya que te registraste, recibirás más información detallada antes que nadie, directamente de nosotros. Si quieres ver los datos menores que recibirá el público, no dudes en seguirme en Twitter.

@brianhelmick
Share
Tweet
Forward
www.bayareaprosoccer.com

Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list
APRESENTANDO NOSSO CEO

Antes de mais nada, obrigado, obrigado, bilhões de obrigados. Agradeço de coração a todos vocês que se inscreveram para apoiar o que estamos tentando fazer. Obrigado a todos vocês que se reuniram conosco e compartilharam ideias e opiniões em todos os aspectos possíveis, desde o nome do time até a localização do estádio. Fico honrado e comovido com o apoio caloroso de vocês. De verdade. Meu nome é Brian Andrés e gostaria de me apresentar.

Eu realmente não sei o que dizer, então irei começar falando sobre minha primeira memória relacionada ao futebol. Apesar de San Francisco Bay Area ser minha casa há mais de 12 anos, nasci em Bogotá, Colômbia. Eu e meu vovô Rodrigo temos uma conexão especial desde que nasci. (Em etapas posteriores da vida, passamos muito tempo juntos bebendo cerveja, jogando sinuca e conversando, como dois amigos de longa data.) Meu vovô era um homem bastante tradicional e correto de todas as formas possíveis - o jeito que ele se vestia, como ele falava, e por aí vai. Eu tinha uns 6 anos quando ele veio até mim com uma expressão no rosto que eu nunca tinha visto até então. Ele abaixou-se e disse, "Não diga para sua avó, mas eu tenho uma surpresa pra você. Vá pegar seu casaco e me acompanhe".

Eu fiz o que meu vovô me disse e não soltei sua mão durante duas viagens em ônibus completamente lotados que passavam por ruas esburacadas. Chegamos em um lugar que parecia reunir a população da cidade inteira. Eu não fazia a mínima ideia do porquê ou para quê estávamos lá. Já que nesse momento a altura dos meus olhos só me deixava ver um monte de traseiros das pessoas, não foi até que estávamos prestes a entrar que vi meu primeiro estádio de futebol: El Campín. Casa do time do meu vovô (e agora, obviamente, também do meu time): Milionários. A entrada foi tumultuada, eu estava sendo arrastado pelo meu vovô ao mesmo tempo que trombava em todas aquelas pessoas que esbarravam em mim. Não lembro quem era o time adversário ou quem ganhou. Pra falar a verdade, nem lembro direito de ter visto o campo. Não sei se foi por que eu era pequeno ou se foi por que eu não conseguia tirar os olhos do meu geralmente tão tradicional vovô. Ele gritava! Ele gargalhava! Ele abraçava! Me abraçava! Abraçava pessoas que ele nem conhecia! Eu não entendia exatamente o que estava acontecendo, mas nem ligava. O único que eu sabia é que eu queria mais. Estava fisicamente e emocionalmente apaixonado pela energia e pelos sentimentos que via em meu vovô e em todos ao redor de nós. Pronto! Foi ali que me tornei amante do futebol para o resto da vida.


Eu ouvi as histórias das primeiras recordações com o futebol de muitos de vocês. Todos temos uma. Temos uma grande estima por essas histórias e por outros momentos e lições que o jogo bonito nos proporcionou. Então, eu estou envolvido nesse projeto porque quero mais histórias para vocês e quero que mais pessoas tenham suas primeiras recordações com o futebol. Essa região que chamo de casa por mais de 12 anos merece e o grupo de pessoas incrivelmente diversas que vivem aqui também. Você merece.


Estamos trabalhando em muitas frentes, não apenas para nosso projeto, mas, principalmente, para desenvolver o futebol em todos os níveis. Já que você deu seu apoio ao se inscrever, receberá novidades antes de todo mundo a partir do próximo mês. Por exemplo, compartilharemos nosso nome e nosso logo com você antes de anunciá-los ao público.


Mais uma vez, obrigado pelo apoio. Obrigado pelas amizades que começaram e aquelas que irão começar em breve. Você é parte fundamental desse apaixonante projeto. Deus te abençoe.

 

Abraços,
Brian Andrés

Obs.: Como você se inscreveu, receberá informações detalhadas antes de todos, diretamente da gente. Se quiser saber sobre as menores informações que serão liberadas para o público geral, não hesite em me seguir no Twitter.

@brianhelmick
Share
Tweet
Forward
www.bayareaprosoccer.com

Our mailing address is:
2 Townsend St.
San Francisco, CA 94107

Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list